Pesquisar neste blogue

A carregar...

quarta-feira, 27 de abril de 2011

ROBÔS


Robôs na sala de cirurgia

Comandados por médicos, eles executam operações que resultam em menos sofrimento para o doente

i110070.jpg

PRECISÃO Médicos usam o robô Da Vinci para realizar manobras exatas

Desde que a robótica foi incorporada à prática cirúrgica, a medicina entrou em uma nova era. A chegada dessa tecnologia aos centros médicos revolucionou a forma de fazer operações. Comandadas por médicos, essas máquinas realizam movimentos delicados e precisos que resultam em diversos benefícios para os pacientes. Em geral, os cortes têm cerca de um centímetro, o sangramento durante o procedimento é menor, assim como o tempo de internação e de recuperação.

No Brasil, a cirurgia robótica está disponível em três hospitais, todos de São Paulo - Albert Einstein, Sírio-Libanês e Oswaldo Cruz. Entre as principais intervenções realizadas com a ajuda dos robôs estão as cardíacas, urológicas, ginecológicas e bariátricas. Recentemente, uma cirurgia para retirada de tumores de cabeça e pescoço foi feita com o auxílio das máquinas.

Em um artigo publicado na edição deste mês do Archives of Otolaryngology - Head & Neck Surgery, os responsáveis pela operação atestaram o potencial do recurso. "Além de boa visualização da lesão, o método permitiu boa preservação de funções que poderiam ter sido danificadas", afirmaram os médicos.

Uma das áreas que mais se beneficiaram foi a urologia. Operações para retirada de câncer de próstata costumam ser feitas pelas técnicas convencionais, com cortes maiores. É que, nesse tipo de intervenção, é difícil usar o método da videolaparoscopia - também caracterizado por cortes menores. "Mas com os robôs é possível executar a cirurgia de maneira mais delicada", explica o médico José Carlos Teixeira, do Departamento de Programa de Prática Médica do Hospital Albert Einstein.

O hospital também realizou - pela primeira vez na América do Sul - um procedimento de altíssima complexidade que envolvia a retirada de tumores no pâncreas, intestino e estômago. "Foi um sucesso"

Sem comentários:

Enviar um comentário

Health Tip of The Day