Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Bainha de Segurança para Bisturi



ThumBlade™ sistema de segurança para bisturi é um projeto da Precision Medical Devices Inc, a ser lançado ainda. O mecanismo baseia-se na ativação harmoniosa pelo polegar, usando uma só mão, tanto para canhotos como destros, deixando o restante dos dedos fora do caminho.


Esse produto teria sido muito útil na época da minha residência médica na Santa Casa de Belo Horizonte. Algumas vezes, ao receber a lâmina de bisturi de um colega ou preceptor, fui vítima de acidente pérfuro-cortante com material biológico.
Fonte: medgadget

http://www.medgadget.com/archives/2009/10/thumblade_scalpel_safety_system.html

Unlocker 1.8.8

Se ao tentar apagar ou mover um arquivo ou pasta no Windows, você receber alguma mensagem do tipo:



Ou ainda algo como:

* Não é possível deletar o arquivo: acesso negado;
* Houve violação de compartilhamento;
* O arquivo de origem ou destino pode estar em uso;
* O arquivo está em uso por outro programa ou usuário;
* Certifique-se de que o disco não está cheio ou protegido contra gravação e que o arquivo não está em uso.



Então você precisa usar o Unlocker, um programa gratuito que irá resolver o seu problema! Clique com o botão direito na pasta ou arquivo e seleccione Unlocker e pronto!

Licença: Freeware
SO: Windows 2000/XP/2003/Vista

http://ccollomb.free.fr/unlocker/unlocker1.8.8.exe

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Sistema de Apaio a Decisão Clínica baseado em SRE



General Electric está desenvolvendo um novo Software de Apoio a Decisão Clínica em conjunto com o sistema hospitalar Intermountain Healthcare de Salt Lake City. Usando anos de dados clínicos do Intermountain Healthcare, o software é projetado para monitorar dezenas de pacientes, mostrando dados em tempo real sobre eles, e gerando alertas quando certos critérios são preenchidos.
O software piloto será lançado em Novembro no encontro do Healthcare Information Management and Systems Society (HIMSS).
Esse projeto poderia vir a ser desenvolvido pela Microsft HealthVault e pelo Google Health, agregando valor mais um dado de extremo valor aos interesses da classe médica.
fontes:


http://www.gereports.com/a-breakthrough-decision-support-solution-for-docs/

http://www.medgadget.com/archives/2009/10/ges_decision_support_software_aims_to_bring_efficiency_safety_to_clinical_wards.html

Autópsia Virtual



Centro de Visualização de Norrköping na Suécia, em colaboração com o Centro de Imagem e Visualização de Ciências Médicas, desenvolveu um sistema autópsia virtual baseado em manipulação de toque em tela plana para substituir parte do trabalho manual. O corpo sob investigação é primeiro digitalizado por meio de tomografia computorizada ou ressonância magnética.Os resultados são manipulados usando um software que permite filtrar as imagens com base na densidade do tecido, a iluminação, e outros critérios. Muito interessante e útil.

Veja mais no vídeo abaixo click link

http://vimeo.com/6866296

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Nanotecnologia: mosca robótica para diagnóstico intra-arterial



Pesquisadores israelenses criaram uma mosca robótica em miniatura que pode percorrer as artérias e veias do corpo para diagnosticar e tratar problemas.

Baseado na tecnologia MEMS (Micro-Electro-Mechanical Systems), o pequeno robô é direcionado por um imã controlado de fora do organismo. Seus minúsculos braços se agarram nas paredes das veias para que ele alcance a região desejada.

Variando o campo magnético por meio de um controle remoto, os pesquisadores movem a mosca a velocidades de 0.35 mm por segundo. Como a unidade de controle é externa, o robô pode funcionar por um período ilimitado de tempo, sem a necessidade de recarregar a bateria durante o procedimento. O laboratório pretende adicionar uma câmera ao protótipo.
Entre as outras pesquisas do Robotics Lab está um outros pequeno robô que visa auxiliar a medicina mas, ao invés de escalar, ele nadaria nos fluídos corporais, sendo útil para estudar a medula espinhal.A tecnologia de movimentos foi inspirada nos flagelos encontrados nos espermatozóides. (leia mais em : Info plantão - Ciências)





http://info.abril.com.br/noticias/ciencia/robo-mosca-escala-arterias-e-faz-diagnostico-20102009-21.shl

Ultrasom portátil - o novo estetoscópio?

praticamente do tamanho de um smart phone, esse dispositivo portátil tem a tecnologia de ultrasom poderoso e pode potencialmente redefinir a forma como os médicos examinam os pacientes. Ao dar aos médicos uma visão interna do organismo tão acessível, GE acredita que Vscan poderia um dia tornar-se tão indispensável como estetoscópio no exame clínico!


http://www.gereports.com/vscan-pocket-sized-ultra-smart-ultrasound-unveiled/

quinta-feira, 22 de outubro de 2009


O Transmute é um programinha bem simples de usar que serve para transferir as informações dos favoritos de qualquer navegador para outro. Assim, quando você quiser trocar de browser, não será preciso selecionar tudo denovo.

Todas as funções resumem-se a uma interface limpa e concisa, onde há dois campos: Source (daonde sairão os favoritos) e Target (para onde irão os favoritos). Você pode trabalhar com o Chrome, Chrome Legacy, Chromium, Firefox 1-2, Firefox 3+, Flock, Internet Explorer, Opera, Safari, SeaMonkey.

Tamanho: 3.47MB


terça-feira, 20 de outubro de 2009

Muito Bom

É difícil calcular o trabalho que deu este "site"

À medida que vai passando com o cursor do rato, pelas figuras diz-lhe quem é se fizer um duplo click, recebe mais informação sobre cada uma.






http://cliptank.com/PeopleofInfluencePainting.htm

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

NanoMaxx sistema de ultra-som portátil aprovado pelo FDA

NanoMaxx sistema de ultra-som portátil que pesa apenas 6 quilos , recebeu aprovação do FDA finalmente!





http://www.sonosite.com/products/nanomaxx/

SoundBite - dispositivo auditivo coclear não-cirúrgico



Dispositivo retroauricular
SoundBite é um aparelho auditivo que auxilia na audicão coclear sem o implante cirúrgico. Ele é removível e transmite o som através dos dentes.
SoundBite sistema auditivo foi concebido para permitir que o som para viajar através dos dentes, através dos ossos, para ambas as cócleas, ignorando o ouvido médio e externo totalmente. Ao utilizar condução óssea através dos dentes, SoundBite destina-se a restaurar a audição normal ao paciente com surdez unilateral único, condutora, ou perda auditiva mista, todos sem cirurgia.
O dispositivo oral é moldado sob encomenda por um dos dentistas parceiros do programa e utiliza tecnologia avançada electrónica e especializada para produzir vibrações imperceptíveis que são transmitidas através dos dentes e ossos, a ambas as cócleas. O dispositivo retroauricular possui um microfone sem fio que envia os sons para o dispositivo oral.O dispositivo oral é moldado sob encomenda por um dos dentistas parceiros do programa e utiliza tecnologia avançada eletrônica e especializada para produzir vibrações imperceptíveis que são transmitidas através dos dentes e ossos, a ambas as cócleas. O dispositivo retroauricular possui um microfone sem fio que envia os sons para o dispositivo oral.


link http://www.sonitusmedical.com/product/

Imagens do universo da ciência são premiadas no Reino Unido

A décima edição do concurso da Wellcome Trust, instituição britânica de amparo à pesquisas médicas, premiou algumas das melhores imagens feitas a partir de pesquisas médicas em 2008. O Wellcome Image Awards 2009 seleccionou 15 imagens que retratam a ciência de forma artística e "contribuem para a compreensão da medicina moderna e da ciência".


Anemia



Intestino
PAUL APPLETON
These finger-like structures in the small intestine of a mouse have been cropped at the tips and stained with fluorescent dyes to distinguish between different components of the cells. The cell nuclei are blue, while the red stain shows actin, a protein that covers the surface of each villus. Multiphoton fluorescent micrograph.

Veja a galeria aqui http://www.wellcomeimageawards.org/gallery.aspx#

Na hora de passar um documento do papel para o PC, um software de reconhecimento de caracteres vem a calhar. Com um desses, dá para passar o conteúdo direto para editores de texto, como o Word, em vez de simplesmente importar as letras como imagens chapadas. O Fine Reader é uma excelente pedida entre os aplicativos desse tipo. Ele salva o conteúdo digitalizado direto nos formatos mais populares, como DOC, PDF e HTML.



Image Hosted by ImageShack.us



-

domingo, 18 de outubro de 2009

O Código da Inteligência

Neste livro, o Dr. Augusto Cury descreve de maneira instigante os códigos da inteligência. Esses códigos são capazes de estimular tanto jovens como adultos a libertar a criatividade, expandir a arte de pensar, desenvolver saúde psíquica e a excelência profissional. O autor também descreve as armadilhas da mente em que facilmente caímos e que podem bloquear a inteligência. Sabemos muito pouco sobre o que é a inteligência, como lapidá-la, expandi-la e irrigá-la. Com a leitura de O código da inteligência, nossos olhos serão abertos para uma abordagem inovadora sobre a inteligência.


http://rapidshare.com/files/286301289/Audiobook_-_O_Codigo_da_Inteligencia_-_Augusto_Cury.part1.rar


http://rapidshare.com/files/286304781/Audiobook_-_O_Codigo_da_Inteligencia_-_Augusto_Cury.part2.rar


http://rapidshare.com/files/286297678/Audiobook_-_O_Codigo_da_Inteligencia_-_Augusto_Cury.part3.rar

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

BBC - O Átomo

Idioma: Inglês
Legendas: Opção de PT-PT ou PT-BR
Número de episódios: 3
Género: Ciência / Física /História




Elenco

Produção: Tim Usborne
Realização: Tim Usborne
Narração: Jim Al-Khali



Sinopse

Nesta série documental de três episódios, o professor Jim Al-Khali conta-nos a história de uma das maiores descobertas científicas de sempre: que o mundo material é feito de átomos.

Átomo é a menor partícula que ainda caracteriza um elemento químico. Ele apresenta um núcleo com carga positiva (Z é a quantidade de protões e "E" a carga elementar) que apresenta quase toda sua massa (mais que 99,9%) e Z electrões determinando o seu tamanho.

Até fins do século XIX, era considerado a menor porção em que se poderia dividir a matéria. Mas nas duas últimas décadas daquele século, as descobertas do protão e do electrão revelaram o equívoco dessa ideia. Posteriormente, o reconhecimento do neutrão e de outras partículas subatômicas reforçou a necessidade de revisão do conceito de átomo.


Episódio 1
CHOQUE DE TITÃS

http://www.megaupload.com/?d=I4XFE7TI



Episódio 2
A CHAVE PARA O COSMOS

http://www.megaupload.com/?d=078PX8SL



Episódio 3
A ILUSÃO DA REALIDADE

http://www.megaupload.com/?d=7O6HL8ED


LEGENDAS
http://www.megaupload.com/?d=YB9LNKEG

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Vizela sem tv analógica já este ano...


Segundo informação da Portugal Telecom Vizela vai ser a primeira região do país a desligar a emissão analógica de televisão, a data limite para o switch off está prevista para 31 dezembro de 2009, gradualmente irá sendo desactivada a transmissão analógica por todo o país, em abril de 2012 acontecerá o apagão final.

terça-feira, 13 de outubro de 2009

domingo, 11 de outubro de 2009

Guia de Medicina e Saúde



Uma ótima fonte de actualização e aprendizagem para profissionais e estudantes das ciências da saúde.
O guia desvenda o funcionamento do nosso corpo. É ricamente ilustrado, com imagens obtidas por microscópio, ressonância magnética, tomografia computorizada e 3D
Também contem pequenas animações mostrando o batimento cardíaco .

CONTEÚDO
Corpo Integrado
Sistema Muscular
Sistema Esquelético
Sistema Nervoso
Sistema Endócrino
Sistema Cardiovascular
Linfa e Imunidade
Sistema Digestivo
Sistema Respiratório
Pele, Cabelos e Unhas
Sistema Urinário
Reprodução e Ciclo da Vida


http://rapidshare.com/files/247201980/ATLAS.C.H.Erivanildo-Thegenius.rar

sábado, 10 de outubro de 2009

Curso de Engenharia de Software



Pode-se definir o software, numa forma clássica, como sendo: "um conjunto de instruções que, quando executadas, produzem a função e o desempenho desejados, estruturas de dados que permitam que as informações relativas ao problema a resolver sejam manipuladas adequadamente e a documentação necessária para um melhor entendimento da sua operação e uso".
Entretanto, no contexto da Engenharia de Software, o software deve ser visto como
um produto a ser "vendido".
É importante dar esta ênfase, diferenciando os "programas" que são concebidos num contexto mais restrito, onde o usuário ou "cliente" é o próprio autor.
No caso destes programas, a documentação associada é pequena ou (na maior parte das vezes) inexistente e a preocupação com a existência de erros de execução não é um fator maior, considerando que o principal usuário é o próprio autor do programa, este não terá dificuldades, em princípio, na detecção e correção de um eventual "bug".
Além do aspecto da correção, outras boas características não são também objeto de preocupação como a portabilidade, a flexibilidade e a possibilidade de reutilização. Um produto de software (ou software, como vamos chamar ao longo do curso), por outro lado, é istematicamente destinado ao uso por pessoas outras que os seus programadores.
Os eventuais usuários podem, ainda, ter formações e experiências diferentes, o que significa que uma grande preocupação no que diz respeito ao desenvolvimento do produto deve ser a sua interface, reforçada com uma documentação rica em informações para que todos os recursos oferecidos possam ser explorados de forma eficiente. Ainda, os produtos de software devem passar normalmente por uma exaustiva bateria de testes, dado que os usuários não estarão interessados (e nem terão capacidade) de detectar e corrigir os eventuais erros de execução.
Resumindo, um programa desenvolvido para resolver um dado problema e um produto de software destinado à resolução do mesmo problema são duas coisas totalmente diferentes. É óbvio que o esforço e o conseqüente custo associado ao desenvolvimento de um produto serão muito superiores.

Informações

*Páginas: 145
*Idioma: Português
*Tamanho: 953 KB


http://w13.easy-share.com/1698381831.html

OU

http://rapidshare.com/files/87174628/Engenharia.de.Softwares_www.baixandolegal.org.rar

O que faz o fígado?

José Carlos Ferraz da Fonseca
Médico especialista em Doenças do Fígado (Hepatologia)

Localização do fígado (em vermelho) no corpo humano





Neste artigo, começo narrando a história de um dos pacientes mais excêntrico que eu já tive na minha vida profissional. Gostava de beber pisco peruano do legítimo. Vejam, nunca entendi porque um paraibano nascido no sertão gostava de cachaça peruana (pisco), ou seja, cheguei à conclusão de que gosto e desejo não se discutem. Carne seca salgada ou jabá cru era o seu prato favorito, claro, tudo acompanhado com um pouco d' água, farinha e rapadura. "É o manjar dos deuses doutorzinho Zé, o senhor já comeu?" Sempre foi muito íntimo e só me chamava de doutorzinho Zé e eu aceitava tal codinome diminutivo com a maior tranqüilidade. Era muito querido e, eu sempre tinha que perdoá-lo pelos seus abusos gastronômicos e pelo seu já famoso chá das cinco (um copo com quatro dedos do mais puro pisco peruano), que nunca era o chá das cinco e sim das 7h, 9h, 15h e 22:h. Uma só pitada de sal na comida era o seu purgatório; reclamava sempre, queria duas, três ou até quatros pitadas. Aos 75 anos e, na sua sabedoria, sempre me questionava sobre a sua dieta. "Meu doutorzinho Zé, deixa-me fazer uma pergunta?" Peixe e camarão do mar têm cirrose? "Claro que não seu Prudente (nome fictício)". Então, meu doutorzinho, sal não faz mal nem para peixe e nem para ninguém. "Por favor, fale a Dona Prudência (nome fictício)", sua esposa há mais de 50 anos e santa mulher (referência do autor deste artigo)" "que comida com sal não faz mal". Cada vez que o seu Prudente exagerava no sal, sua barriga e suas pernas inchavam, e tome diurético.

Após cinco anos de luta com o Senhor Prudente, sua cirrose hepática estava cada vez mais descompensada (sua barriga era maior do que a de uma mãe gestante de trigêmeos e no 9º mês), já bebia há mais de 40 anos. Um dia, numa destas consultas de rotina teve o disparate de incriminar como causa de sua cirrose o colorau que a sua esposa utilizava como tempero na sua comida. Dizia que colorau era veneno de índio. Soube, que na noite da sua morte, passou a tarde na taberna da esquina. Bebeu de tudo, até conhaque de um real a dose dupla e comeu farofa de jabá, ovo cozido, como se fosse o "banquete de babete".

Bem, se o seu Prudente não tivesse uma cirrose alcoólica, acredito que se ele bebesse e comesse moderadamente seu fígado suportaria tudo. Mas, o que faz o fígado nosso de cada dia? Uma boa pergunta. Com certeza, é um dos órgãos mais complexos de nosso organismo e a mais importante "usina" de processamento.

É comum ouvirmos constantemente de nossos pacientes o seguinte: "Doutor, ontem eu comi uma respeitada feijoada (orelha, rabo e pé de porco, costela, carne do peito, toucinho, jabá, lingüiça) e me acabei no torresmo, pimenta, farinha e cerveja. Estou perdido, meu fígado não agüenta mais, está doendo muito aqui debaixo da costela (aponta no lado esquerdo, o fígado fica no lado direito), estou com a boca amarga, diarréia, ventando muito, a água que eu bebo está com gosto de cabo de guarda-chuva". Uma pergunta ao leitor: cabo de guarda-chuva tem gosto? O paciente continua: "por favor Doutor, me salve e ajude meu fígado, não posso viver sem ele!. E, continua, agora com aquela ladainha esperada: "fui medicado pelo compadre Toinho (nome fictício) e ele mandou que eu tomasse chá de boldo, alcachofra, extrato-hepático, gotas preciosas, sacaca, café amargo, aqueles flaconetes com gosto de abacaxi que protegem o fígado (não devo citar nome comercial de produtos médicos) e nada melhorou, estou mal, vou morrer, Doutor?" Nós, médicos, algumas vezes ficamos contra a parede ou numa sinuca em responder tal tipo de pergunta. Eu sempre respondo da maneira mais simples possível e ética: "não, o senhor pode morrer de indigestão na próxima comilança, mas do fígado, ainda não". Para o paciente glutão, "o ainda não" do médico é que o deixa mais preocupado. Sabemos que todos os sintomas apresentados pelo paciente após tal banquete popular estariam relacionados com o estômago e o intestino e não com o fígado. Neste caso, o fígado do "rei da feijoada e da cerveja" teria que trabalhar dez vezes mais para processar e eliminar os elementos nocivos contidos na feijoada (gorduras, toxinas químicas, sal), nos petiscos (gorduras, substâncias cancerígenas, conservantes, toxinas químicas, sal) e bebida alcoólica (etanol). Em decorrência da alta concentração de colesterol na feijoada e petiscos, o fígado usaria esta superoferta de colesterol para produzir excessivamente uma substância chamada bile ou bílis (substância amarelo-esverdeada secretada pelo fígado), que seria eliminada para o duodeno (primeira porção intestino delgado) e intestino (mistura-se com os alimentos para ajudar na digestão). Parte da bile seria absorvida pelo estômago e daí provocaria boca amarga, gosto de cabo de guarda chuva e outras coisinhas mais.

Feita esta apresentação sobre a ideia errónea de que uma grande parte da população tem sobre o seu fígado, vamos tentar explicar afinal o que é o fígado e que ele faz. Primeiro, o que é o fígado? É a maior glândula do corpo humano, pesa cerca de 1,5 quilo no homem adulto e 1,3 quilo na mulher adulta. Nos primeiro anos de vida, as crianças apresentam um fígado muito grande que pode ser palpado bem abaixo das costelas (lado direito). Tem coloração vermelho-escura e é envolvido por uma película resistente, chamada de cápsula de Glisson, que tem como função proteger o fígado de lesões traumáticas. O fígado localiza-se no canto direito superior do abdome e é protegido pelas costelas. Divide-se em dois lobos, direito e esquerdo, sendo o lobo direito seis vezes maior que o esquerdo. Segundo, o que o fígado faz? Só para que o leitor tenha uma idéia da alta funcionalidade do fígado, ele realiza cerca de 500 funções diferentes. Veja do que ele é capaz, apesar de todas as nossas extravagâncias:

1.-Tem papel central importantíssimo no controle do meio interno. Por isso, doenças hepáticas crônicas (cirrose hepática) afetam outros órgãos (coração, pulmão, encéfalo, rim) provocando as mais diversas doenças, como insuficiência cardíaca, falta de ar por comprometimento do pulmão (dispnéia), confusão mental, insuficiência renal crônica e outras dezenas mais de doenças;
2.- Produz uma variedade de proteínas, sendo a albumina a mais importante. A produção da albumina pelo fígado tem a função de manter a água dentro da circulação (veias). Quando este órgão diminui ou deixa de produzir essa proteína, a água sai dos vasos e extravasa-se para dentro do abdome provocando a chamada barriga d' água ou hidropisia (ascite);
3.- Tem com função manter armazenada toda a glicose que é produzida pelos alimentos que nós ingerimos. Todas as vezes que o nosso organismo necessita de açúcar (glicose), o fígado através da circulação envia glicose (energia) para todos os órgãos e sistemas do organismo;
4.- Produz a bile (substância amarelo-esverdeada secretada pelo fígado), que é excretada pelo fígado através da vesícula biliar e daí para o intestino onde age como detergente auxiliando a emulsificação e absorção das gorduras;
5.- Transforma drogas e hormônios em substâncias não ativas para serem excretadas pelo organismo;
6.- Sintetiza o colesterol e o excreta pela bile;
7.- Funciona como um depósito, armazenando vitaminas do complexo B, vitamina A, vitamina D, vitamina K, vitamina E, água, glicogênio, ferro e cobre que são adquiridos através do bolo alimentar;
7. Age como um verdadeiro filtro do organismo, filtrando bactérias ou outros agentes infecciosos. Quando um paciente tem cirrose hepática, o fígado insuficiente não consegue filtrar tais agentes infecciosos e estes desenvolvem freqüentemente infecções que podem levar à morte;
8. Os glicídios, proteínas, vitaminas, lipídios que chegam ao fígado pelo sangue venoso são processados e transformados em diversos subprodutos;
9. Tem uma capacidade de regeneração muito grande. Se cortarmos um dos seus lobos ou até 70% de sua superfície, o fígado demonstrará um rápido e alto poder de regeneração, voltando ao seu tamanho normal;
10. Produz compostos necessários à coagulação do sangue e juntamente com o baço, elimina os glóbulos vermelhos envelhecidos, podendo filtrar cerca de 1,2 litros de sangue por minuto. Quando nosso organismo precisa de sangue, recorre às reservas contidas no fígado.

Em resumo, o fígado é uma maquina e um laboratório que funciona ininterruptamente. Evite comer e beber álcool em excesso, já que não existe uma droga capaz de protegê-lo contra as extravagâncias. Deixe que o seu fígado cumpra normalmente suas funções e tenha uma melhor qualidade de vida.

Artigo interessante que encontrei em blogue Brasileiro.

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

O PEQUENO PRÍNCIPE


O PEQUENO PRÍNCIPE - ANTOINE DE SAINT-EXUPERY

À primeira vista, um livro para crianças. Na definição de Antoine Saint-Exupéry, seu autor, "um livro urgentíssimo para adultos", o que talvez explique a extraordinária sobrevivência literária de O pequeno príncipe.Publicado pela primeira vez em 1943 na Nova York em que foi escrito e, no ano seguinte, na França, o livro chegou à AGIR com o componente de acaso que, em geral, cerca a edição de fenómenos editoriais, já que a obra havia sido comprada por outra tradicional editora brasileira, que desistiu da publicação. Traduzida primorosamente por D. Marcos Barbosa, a versão brasileira chegou à livrarias em 1952, tendo vendido desde então mais de 4 milhões de exemplares.Le Petit Prince, The Little Prince, El Principito, Der Kleine Prinz - em qualquer uma das mais de 150 línguas em que é publicado, causa encanto a história do piloto cujo avião cai no deserto do Saara, onde ele encontra um príncipe, "um pedacinho de gente inteiramente extraordinário" que o leva a uma jornada filosófica e poética através de planetas que encerram a solidão humana em personagens como o vaidoso, capaz de ouvir apenas elogios; o acendedor de lampiões, fiel ao regulamento; o bêbado, que bebia por ter vergonha de beber; o homem de negócios que possuía as estrelas contando-as e econtando-as em ambição inútil e desenfreada; a serpente enigmática; a flor a qual amava acima de todos os planetas."Na primeira noite adormeci pois sobre a reai, a milhas e milhas de qualquer terra habitada. Estava mais isolado que o náufrago numa tábua, perdido no meio do mar. Imaginem então a minha surpresa, quando, ao despertar do dia, uma avozinha estranha me acordou. Dizia:- Por favor desenha-me um carneiro!"

http://rapidshare.com/files/228558725/OPP.rar

BPN ( já começaram a cobrar)

DECO ACONSELHA A NÃO UTILIZAREM A REDE DO BPN
Taxa Multibanco BPN (já começou a cobrar)
Levantamento em Multibanco


Quando forem levantar dinheiro ao Multibanco NÃO LEVANTEM SE O MULTIBANCO FOR DO BPN!!!!
Eles cobram uma comissão por cada levantamento, isto porque não têm protocolo com a SIBS, é considerado cash-advance, tal como quando se levanta dinheiro a crédito.

Toca a divulgar, o BPN tem quase 100 terminais Multibanco.
Atenção num levantamento de 100€ - a cobrança pode ir até aos 5,83€
É dinheiro!

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

GRIPE

GRIPE.

De: Telmo M.

O folhetim continua...


O negócio do medo


Sabe que o vírus da gripe suína foi descoberto há 9 anos no Vietname?

Sabe que desde então morreram apenas 100 pessoas EM TODO O MUNDO
durante estes 9 anos?

Sabe que os americanos foram os que informaram acerca da eficácia do TAMIFLU (antiviral humano) como preventivo?

Sabe que o TAMIFLU apenas alivia alguns sintomas da gripe comum?

Sabe que a sua eficácia no tratamento da gripe comum está a ser
questionada por grande parte da comunidade científica?

Sabe que perante um SUPOSTO vírus mutante como o H5N1, o TAMIFLU
apenas aliviará alguns sintomas?

Sabe quem comercializa o TAMIFLU? Laboratórios ROCHE.

Sabe a quem a ROCHE comprou a patente do TAMIFLU em 1996? À GILEAD SCIENCES INC.

Sabe quem era o presidente da GILEAD SCIENCES INC. e principal
accionista? DONALD RAMSFELD, ex Secretário da Defesa norte
americana no governo Bush.

Sabe que a principal base do TAMIFLU é o anis estrelado?

Sabe quem é que detém 90% da produção da árvore de anis estrelado? ROCHE.

Sabe que as vendas do TAMIFLU passaram de 254 milhões em 2004 para mais de 1.000 milhões em 2005?
Sabe quantos mais milhões pode ganhar a ROCHE nos próximos meses se
continuar este negócio do medo?

O resumo do negócio é o seguinte: os amigos de Bush decidiram que um fármaco como o TAMIFLU é a solução para uma pandemia que ainda não ocorreu e que causou 100 mortos no mundo inteiro desde há 9 anos.

Este fármaco não cura nem sequer a gripe comum.

O vírus não afecta o ser humano em condições normais.

Ramsfeld vende a patente do TAMIFLU à ROCHE e esta paga-lhe uma verdadeira fortuna.

A ROCHE adquire 90% da produção do anis estrelado que é a base do antiviral.

Os governos do mundo inteiro sentem-se ameaçados por uma pandemia e compram à ROCHE quantidades industriais deste produto.

Nós acabamos por pagar o medicamento, e, Ramsfeld, Cheney e Bush fazem um belo negócio...

ESTAMOS LOUCOS, OU SOMOS TODOS IDIOTAS?

Quero frisar que este artigo não é meu mas aceito plenamente.

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Nobel da Medicina 2009

Nobel da Medicina para estudo sobre enzima que protege os cromossomas


Três investigadores norte-americanos galardoados
Nobel da Medicina para estudo sobre enzima que protege os cromossomas


Elizabeth Blackburn, Carol Greider e Jack Szostak são os três cientistas norte-americanos vencedores do Prémio Nobel da Medicina de 2009, pela descoberta "de como os cromossomas são protegidos pelos telómeros e pela enzima telomerase."

Dito assim, há pouco que se perceba de imediato. Mas o trabalho destes cientistas foi fundamental para compreender o envelhecimento e os erros na divisão celular e na cópia dos nossos genes, de cada vez que a célula se divide, no processo de crescimento – ou de envelhecimento.

Os telómeros são como que as capas dos atacadores dos sapatos, que os impedem de se irem desfiando e desfazendo. Fazem o mesmo aos cromossomas, os aglomerados de material genético que se agrupam em pares, um herdado do pai, outro herdado da mãe, dentro das nossas células.

Mas os telómeros vão diminuindo, a cada divisão celular, e é a enzima telomerase que controla a sua actividade, que os constrói. Se a enzima diminui, a protecção dos cromossomas diminui também, e começam a ficar mais sensíveis à degradação.

Esta foi a descoberta de ciência fundamental feita por estes três cientistas, e que tem importantes efeitos para a saúde. As células do cancro, imortais, têm uma altíssima actividade da telomerase, por exemplo. Mas talvez se aprendermos a controlar essa enzima de forma favorável, possamos adiar o envelhecimento – ou adiar doenças relacionadas com o progressivo mal funcionamento da divisão celular.

Elizabeth Blackburn nasceu em 1948 na Austrália mas trabalha na Universidade da Califórnia, em São Francisco.

Carol W. Greider, nascida em 1961, é investigadora na Johns Hopkins University School of Medicine, em Baltimore, nos EUA.

Finalmente, Jack W. Szostak, nascido em 1952 em Londres, trabalha em Boston, no Howard Hughes Medical Institute, na faculdade de Medicina de Harvard e no hospital geral de Massachusetts.

NELLCORE Intouch 2 Service

NELLCORE Intouch 2 Service manual

http://upload.tecnicenter.org/download.php?file=1f4a35e3396a149acb5722157c086f83

Perigo No Hospital - Mary Higgins Clark

A promotora Katie DeMaio investiga uma morte misteriosa. Uma mulher parece ter sido morta em um hospital. E todos os indícios apontam para uma grande conspiração médica. Perigo no hospital é a reedição de mais um clássico da grande dama americana do mistério.




http://www.easy-share.com/1908009746/reidoebook.com%20-%20Perigo%20no%20Hospital%20-%20Mary%20Higgins%20Clark.rtf

Comparação entre o álcool líquido e o álcool em gel


ÁLCOOL LÍQUIDO


ÁLCOOL EM GEL

O Álcool em forma liquida é altamente explosivo


O Álcool em Gel devido a sua composição especial inibe as características de explosividade do álco

Devido as suas características de alta volatilidade, o álcool líquido é facilmente inflamável.


O Álcool em gel tem sua inflamabilidade inicial controlada, não permitindo o flash imediato quando entra em ponto de fulgor. Actua controladamente, evitando a queima dos dedos das pessoas que utilizam fósforos.

O Álcool líquido não é tóxico em contacto com a pele


O Álcool em Gel não é tóxico. Os aditivos nele adicionados para retardar o tempo de chama e controlar sua explosividade são comprovadamente atóxicos, do mesmo tipo utilizados em cosméticos.

O álcool líquido queima rapidamente devido ao seu alto poder de inflamabilidade.


A mesma quantidade de álcool (1 litro de álcool versus 1 litro de álcool em gel ) este último queimará em um tempo 4 a 5 vezes mais lentamente, dependendo das condições do ambiente. (umidade, calor, vento, etc.)

Quando derramado em qualquer superfície, se estiver em chamas, as mesmas se propagarão rapidamente, tendo em vista seu fácil espalhamento.


Quando derramado, mesmo que em chamas, devido a suas características de tixiotropia (viscosidade) o mesmo não se espalha, mantendo o fogo localizado.

Os riscos do álcool líquido, associado a sua escassez na Europa, fez com que há mais de 20 anos o mesmo tivesse sua venda controlada. O mesmo somente é vendido em farmácias como medicamento.


Contrariamente, o Álcool em Gel ou em forma sólida, já é conhecido e utilizado em outros paises há mais de 25 anos, devido a sua segurança no manuseio e outras vantagens associadas.

Devido ao controle implementado pela Anvisa, o álcool liquido para efeito de queima (acima de 92º GL), somente pode ser fornecido em embalagens mínimas de 200 litros, i.e. para uso industrial.


O álcool em gel para queima não é limitado por essa lei, nem apresenta os riscos durante movimentação, transporte e armazenamento como o álcool liquido.

Three Rivers (2009) Série 1 [HDTV]

After suffering a heart-attack, Andy tells a young pregnant woman that in order to save her and her unborn child she must get a heart transplant. However, unexpected complications with the donor's family place the transplant in jeopardy.





http://rapidshare.com/files/288914993/Three.Rivers.S01E01.HDTV.XviD-FQM.part1.rar

http://rapidshare.com/files/288914902/Three.Rivers.S01E01.HDTV.XviD-FQM.part2.rar

sábado, 3 de outubro de 2009

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Sansão e Dalila / Samson and Delilah (1949)

Um clássico para descontrair

Info

Qualidade do Vídeo: DVD-R | Quantidade de Mídias: 1 | Tamanho: 4,33 Gb | Extensão do Arquivo: iso | Idioma do Audio: Inglês | Legendas: Português BR | Resolução: 720 X 480 | Formato de Tela: Tela Cheia 94x3) | NTSC | Encoder: DVD Rebuilder + CCE 10 Passos | Senha para descompactar: hmeteoro | Use o Jdownloader para abrir os arquivos DLC


Elenco

Hedy Lamarr, Victor Mature, George Sanders, Angela Lansbury, Henry Wilcoxon, Olive Deering, Fay Holden, Julia Faye, Russell Tamblyn, William Farnum, Lane Chandler, Moroni Olsen, Francis J. McDonald, William Davis¹, John Miljan


Sinopse

A história dos personagens do Velho Testamento, Sansão e Dalila, é mostrada aqui de modo monumental e com riqueza de detalhes. Um épico clássico assinado pelo mestre Cecil B. DeMille, que conta com Victor Mature e Hedy Lamarr nos papéis centrais.




http://rapidshare.com/files/287505613/SamsonandDelilahRS.dlc

senha---hmeteoro

MIView 0.6

"Aplicativo para auxiliar os profissionais da medicina com imagens de radiografia."
MIView é um aplicativo bem técnico e especifico, voltado apenas para profissionais que necessitem do aplicativo no seu quotidiano e que saibam configurar o programa. O programa tem como foco principal providenciar uma plataforma que carregue qualquer tipo de imagem usada na medicina e disponibilizar a capacidade de visualizar e modificar estas imagens.

Especificações técnicas
Baseado no OpenGL, MIView traz funções excelentes para a edição das imagens, segundo o site oficial em uma próxima versão o programa terá a habilidade de volume aprimorada para visualizar e para editar os aspectos volumétricos. Para os profissionais que trabalham com imagens mais simples, o programa tem a capacidade de abri-las também, tanto o JPEG, quanto outros formatos comuns.

É possível alternar entre os modos de baixa e alta resolução, assim como também pode se habilitar recursos para mostrar as diversas camadas que o programa cria. Como se trata de um programa muito avançado há como escolher o modo com qual o programa fará as renderizações, e também com quais cores trabalhará.

Caso você tenha necessidade de um software gratuito para poder interpretar ou modificar imagens médicas que terá de utilizar no seu dia-a-dia, tente o MIView que apresenta excelentes ferramentas. Recomenda-se a utilização de um computador com configuração de hardware muito boa, pois o aplicativo exige uma grande quantidade de memória e processamento.

Idioma: Inglês
Formato: EXE.
Licença: Grátis
Tamanho: 4.37 MB
Direitos Autorais: GBookSoft
Sistema: Windows XP/Vista/2000


http://gbooksoft.com/MIView-Setup-0.6.334.exe

CardioViz3D 1.5.0

"Uma ferramenta que permita a visualização e edição de imagens que simulam o coração."

CardioViz3D é um software dedicado para a visualização e processo de dados médicos, em especial no que se refere à imagens do coração e simulações dele Além de suas capacidades em termos de imagens estáticas e visualizações, o aplicativo oferece ferramentas adaptadas para ver e processar dados dinâmicos, integrados e em tempo real.

Visualize o coração

Uma outra característica de CardioViz3D é o fato das seqüências de tempo do programa serem fáceis de importar, visualizar em tempo real e processar. É possível realizar importações de examesno formato DICOM.

O software utiliza uma várias ferramentas de visualização em VTK como base. A interface do usuário, por sua vez, utiliza as bibliotecas do formato KWWidgets. Algumas ferramentas de processamento de imagens utilizam as ferramentas ITK.

Esse projecto visa proporcionar aos pesquisadores e profissionais do género uma série de ferramentas para processamento, simulação e visualização de dados referentes ao coração, ajudando em pesquisas e desenvolvimento da área em questão.

Idioma: Inglês
Formato: EXE.
Licença: Grátis
Tamanho: 16.04 MB
Direitos Autorais: Asclepios
Sistema: Windows XP/Vista


http://gforge.inria.fr/frs/download.php/5781/CardioViz3D-1.5.0-win32-x86.exe

ABCTek

ABCTek - Automação de Farmácias e Drogarias 3.8
"Sistema completo de Automação de Farmácias e Drogarias."

O sistema faz o controle de todas as operações de uma farmácia ou drogaria. Controla fiado, convénios, vendas, pré-vendas, compras, estoque, contas a pagar / receber, fluxo de caixa, pedido de compra electrónico, histórico de recebimentos de convénios e fiado, bloqueio de clientes com débito, controle por senha, chequés pré-datados, cartões de crédito e comissão de vendedores por venda ou por produto. Trabalha com pré-venda ou comanda. Leitor de código de barra. Etiquetas para carteira de clientes, e muito mais. Actualização mensal de preços via Internet (Caderno ABCFarma) para usuários registados. Cadastro de Produtos pronto para uso. Todo o caderno ABCFarma já cadastrado. Existe também a versão para Linux desse sistema.
Versão totalmente funcional e sem restrições alguma, leia o arquivo Registro.txt para ver as vantagens de ser um usuário registrado.
É importante ler o conteúdo do arquivo Config.txt após a instalação, para configurar o sistema correctamente, e torna-lo capaz de rodar este programa sem erros.
Usuário: ABCTEK
Senha: ABCTEK

Idioma: Português BR
Formato: ZIP.
Licença: Grátis
Tamanho: 1.95 MB
Direitos Autorais: ABCTek Software Ltda
Sistema: Windows XP/98/2000


http://www.abctek.com.br/automacao/setup18.zip

Clinicas Integradas 1.1

Software para clínicas médicas, odontológicas e fisioterapeutas.
versão free.



http://www.baixaki.com.br/download/clinicas-integradas.htm

Aplicações da Radiação na Medicina


Na Medicina, as aplicações da radiação são feitas em um campo genericamente denominado Radiologia, que por sua vez compreende a radioterapia, a radiologia diagnostica e a Medicina nuclear.


Radioterapia

A radioterapia utiliza radiação no tratamento de tumores, principalmente os malignos, e baseia-se na destruição de tumor pela absorção de energia da radiação. O princípio básico utilizado maximiza o dano no tumor e minimiza o dano em tecidos vizinhos normais, o que se consegue irradiando o tumor de várias direcções. Quanto mais profundo o tumor, mais energética deve ser a radiação a ser utilizada. Tubos de raios X convencionais podem ser utilizados no tratamento do câncer de pele. A chamada bomba de cobalto nada mais é que uma fonte radioactiva de cobalto-60, utilizada para tratar câncer de órgãos mais profundos. As fontes de césio-137, do tipo que causou o acidente de Goiânia, já foram bastante utilizadas na radioterapia, mas estão sendo desactivadas pois a energia da radiação gama emitia pelo césio-137 é relativamente baixa. A nova geração de aparelhos de radioterapia são os aceleradores lineares. Eles aceleram elétrons até uma energia de 22 MeV, que, ao incidirem em um alvo, produzem raios X com energia bem mais alta que os raios gama do césio-137 e mesmo do cobalto-60 e são, hoje em dia, bastante utilizados na terapia de tumores de órgãos mais profundos como o pulmão, a bexiga, o útero etc. Na radioterapia, a dose total absorvida pelo tumor varia de 7 a 70 Gy, dependendo do tipo do tumor. Graças à radioterapia, muitas pessoas com câncer são curadas hoje em dia, ou se não, têm a qualidade de vida melhorada durante o tempo que lhes resta de vida.


Radiologia diagnostica

A radiologia diagnostica consiste na utilização de um feixe de raios X para a obtenção de imagens do interior do corpo em uma chapa fotográfica, ou em uma tela fluoroscópica, ou ainda em uma tela de TV. O médico, ao examinar uma chapa, pode verificar as estruturas anatómicas do paciente e descobrir a existência de qualquer anormalidade. Essas imagens podem ser tanto estáticas quanto dinâmicas, vistas na TV em exames, por exemplo, de cateterismo para verificar o funcionamento cardíaco.

Em uma radiografia convencional, as imagens de todos os órgãos sã o superpostas e projetadas no plano do filme. As estruturas normais podem mascarar ou interferir na imagem de tumores ou regiões anormais. Além disso, enquanto a distinção entre o ar, o tecido mole e o osso pode ser feita facilmente em uma chapa fotográfica, o mesmo não ocorre entre os tecidos normais e anormais que apresentam uma pequena diferença na absorção de raios X. para visualizar alguns órgãos do corpo é necessário injectar ou inserir o que se chama contraste, que pode absorver mais ou menos raios X, e é usado como contraste em pneumoencefalograma e pneumopelvigrafia. Compostos de iodo são injectados no fluxo sanguíneo para se obterem imagens de artérias e compostos de bário são tomados para radiografar o trato gastrintestinal, esôfago e estômago. Logicamente esses contrastes não são e não se tornam radioactivos.

A tomografia computorizada causou uma grande revolução na área de radiologia diagnostica desde a descoberta dos raios X. Ela foi desenvolvida comercialmente a partir de 1972 pela firma inglesa EMI e faz a reconstrução tridimensional da imagem por computação, possibilitando a visualização de uma fatia do corpo, sem a super posição de órgãos. É como se agente fizesse, por exemplo, um corte transversal em uma parte do corpo em pé e o visse de cima. Esse sistema produz imagens com detalhes que não são visualizados em uma chapa convencional de raios X. Detectores de estado sólido substituem as chapas fotográficas em tomógrafos, mas a radiação utilizada ainda é a X.


Medicina Nuclear

A Medicina nuclear usa radionuclídeos e técnicas da Física nuclear na diagnose, tratamento e estudo de doenças. A principal diferença entre o uso de raios X e o de radionuclídeos na diagnose está no tipo de informação obtida. No primeiro caso, a informação está mais relacionada com a anatomia e no segundo caso com o metabolismo e a fisiologia. Para o mapeamento da tireóide, por exemplo, os radionuclídeos mais usados são o iodo-131 e o iodo-123 na forma de iodeto de sódio. Os mapas podem fornecer informações sobre o funcionamento da tireóide, seja ela hiper, normal ou hipofuncionante, além de detectar tumores.

Com o desenvolvimento de aceleradores nucleares como o ciclotron, e de reactores nucleares, radionuclídeos artificiais têm sido produzidos e um grande número deles é usado na marcação de compostos para estudos biológicos, bioquímicos e médicos. Muitos produtos do ciclotron possuem meia-vida física curta e são de grande interesse biológico, pois acarretam uma dose baixa no paciente. Entretanto, a possibilidade de utilizar radionuclídeos de meia-vida requer a instalação do ciclotron dentro das dependências do próprio hospital. É o caso do oxigênio-15, nitrogênio-13, carbono-11 e flúor-18, com meias-vidas físicas respectivas de aproximadamente 2, 10, 20 e 110 min. Os radionuclídeos que emitam pósitron são utilizados também na obtenção de imagens com a técnica da tomografia por emissão de pósitron (PET). Para o estudo do metabolismo da glucose, por exemplo, incorpora-se o flúor-18 essa molécula. Mapeamentos das áreas cerebrais são feitos com essa substância que se concentra na região de maior actividade cerebral. Dessa forma é até possível delimitar regiões cerebrais para cada idioma conhecido pelo paciente e até a zona de ideogramas das línguas japonesa e chinesa.

A dose de radiação devida a um exame de Medicina nuclear, geralmente, não é uniforme no corpo todo, uma vez que os radionuclídeos possuem tendência de se concentrar em certos órgãos. E é quase impossível medir a dose em cada órgão de uma pessoa.

Uma outra aplicação da Medicina nuclear é na terapia de certos tipos de tumores que usa, justamente, a propriedade que certos tipos de tumores possuem de se acumular em determinados tecidos. É o caso do uso de iodo-131 na terapia de tumores malignos da tireóide. Após a eliminação do tumor estrategicamente, faz-se o mapeamento de todo o corpo para verifica a existência de metástases, que são células tumorais espalhadas pelo corpo. Em caso positivo, é administrado o iodo-131, com actividade bem maior que a usada para mapeamento, agora para fins terapêuticos.

A principal diferença entre a radioterapia e a terapia na Medicina nuclear refere-se ao tipo de fontes radioactivas usadas. No primeiro caso, usam-se fontes seladas nas quais o material radioactivo não entra em contacto directo com o paciente ou com as pessoas que as manuseiam. No segundo, materiais radioactivo não selados são ingeridos ou injectados a fim de ser incorporados às regiões do corpo a serem tratadas.